BrasilCidadesGeralPolítica

PIOR GOVERNADOR PARA O FUNCIONALISMO: Servidores acumulam perdas salariais de até 50% nos 7 anos de Ricardo Coutinho

Dados divulgados pelo Sindifisco revelam que a arrecadação própria do Estado cresceu 109,64% entre os anos de 2010 e 2017; representando um salto de R$ 2,655 bilhões para R$ 5,567 bilhões.

É preciso destacar que tais números não representam nenhum mérito para o governo, pois a maior parte dessa arrecadação resulta da majoração dos impostos estaduais. Porque se dependesse apenas dos cortes de gastos nas contas públicas, a arrecadação seria deficitária.

Apesar do crescimento da arrecadação, os servidores amargam, desde 2010, uma perda salarial que chega a 50%. Os servidores públicos, em especial os aposentados, reformados, bem como os pensionistas, tiveram reajuste de apenas 12,51%: (2011 – 0%; 2012 – 3%; 2013 – 3%; 2014 – 5%, 2015 – 1%, 2016 – 0%; 2017 – 0%).

Na última semana, duas categorias de servidores públicos em atividade receberam reajustes em suas remunerações. Para uma delas, houve apenas o cumprimento do piso nacional definido para 2018. Contudo, as demais categorias permanecem com os salários defasados e o mês de janeiro faz com que cresça entre os servidores o clamor em relação ao cumprimento da Data-Base; lei criada pelo atual governo no ano de 2016, que estabelece o primeiro mês do ano como referência para o reajuste salarial dos servidores.

Polítika com Fisco Em Dia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar