BrasilCidadesGeral

TJPB concede habeas corpus que autoriza prisão domiciliar da advogada Catharine Rolim

O desembargador Tércio Chaves de Moura, da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba, concedeu habeas corpus permitindo que a advogada Catharine Rolim Nogueira, fique em prisão domiciliar. A decisão foi no final da tarde desta quinta-feira (25) e será cumprida na manhã desta sexta-feira (26)

Catharine Rolim está presa no 6º Batalhão de Policia Militar de Cajazeiras, acusada de envolvimento em crimes de estelionato contra clientes no Sertão da Paraíba. A prisão foi decretada pelo juiz da 1ª Vara Mista da Comarca de Cajazeiras, Francisco Thiago da Silva Rabelo com cumprimento de mandado no dia 18 de janeiro deste ano pela Polícia Civil.

O pedido foi formulado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), que destacou que a advogada responde a vários processos penais na Comarca, possui duas condenações, sem trânsito em julgado, e vem dando continuidade à prática ilegal. Segundo o Ministério Público da Paraíba (MPPB), mesmo afastada da função, ela cobrava dinheiro de clientes para ações judiciais, mas não abria os atos processuais.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar