CidadesGeral

TRISTEZA: Jovem de 23 anos vítima de acidente de moto em Cajazeiras tem perna amputada

A assessoria informou que após a realização da cirurgia, o paciente respondeu bem, mas internado na UTI, por precaução.

O jovem de 23 anos, que foi vítima de um acidente de moto na Avenida Dr. Severino Cordeiro, Bairro do Jardim Oásis, em Cajazeiras no final do mês de janeiro foi transferido recentemente para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

A vítima seguia de moto pela avenida e logo a sua frente surgiu uma caminhonete, que teria feito uma conversão na pista, ocasionando o acidente. Com impacto, um ferro da moto atingiu a perna do jovem, que teve dificuldade de ser socorrido.

Segundo a assessoria do Hospital Regional de Cajazeiras, onde a vítima estava internado desde o acidente, o quadro clínico do paciente avançou para uma necrose, sendo necessária a amputação do membro.

A assessoria informou que após a realização da cirurgia, o paciente respondeu bem, mas internado na UTI, por precaução.

Ainda de acordo com a assessoria, serão realizados todos os procedimentos éticos e administrativos para verificar se houve problemas assistenciais, caso constatado, os responsáveis serão devidamente responsabilizados.

VEJA A NOTA DA ASSESSORIA DO HOSPITAL

No dia 26 de janeiro de 2018, deu entrada no setor de urgência e emergência do Hospital Regional de Cajazeiras, Rafael Gomes de Oliveira, 23 anos de idade, vítima de acidente de moto. O paciente foi socorrido pela equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Paraíba e recebido pela equipe de plantão do HRC.

O paciente havia sofrido uma fratura exposta no membro inferior, atingindo artérias importantes culminando em uma complicação grave na área afetada.

O paciente foi avaliado pelo cirurgião de plantão e realizado todos os procedimentos ortopédicos necessários. Foi realizado antibioticoterapia, para controlar a infecção do local na tentativa de reverter o quadro agravado.

Devido a perca de sangue, o paciente entrou em quadro de anemia grave, havendo a necessidade de administração de bolsa de sangue. Após a estabilização do paciente, foi solicitado a avaliação do cirurgião vascular, onde foi realizado exames e constatado o comprometimento do membro devido a não circulação de sangue na região afetada, causada pela gravidade do ferimento, infelizmente culminando na necrose.

Para conter o possível avanço da infecção/necrose, a equipe médica do HRC chegou a conclusão da necessidade da amputação do membro.

Após todos os procedimentos prioritários realizados, foi regulada a vaga e posteriormente a transferência do paciente para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

Foi realizada cirurgia, onde o paciente respondeu bem durante o procedimento, sendo logo em seguida colocado em um dos leitos da UTI, apenas por precaução.

Vale salientar que, serão realizados todos os procedimentos éticos e administrativos para verificar se houve problemas assistenciais, caso constatado, os responsáveis serão devidamente responsabilizados.

A direção do Hospital Regional de Cajazeiras, procura sempre zelar pelo bom atendimento a todos que procuram o atendimento do serviço.

O paciente segue em observação e recuperando-se bem.

Da Assessoria

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar