Planalto envia à PF informações sobre sigilos de Rocha Loures

Arquivos foram solicitados pela polícia dentro da investigação que apura irregularidades no decreto dos portos, assinado por Michel Temer, em maio do ano passado

No início deste mês, a presidência da República enviou à Polícia Federal (PF) informações referentes aos sigilos telefônico e telemático (e-mails e mensagens) de Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor do presidente Michel Temer e ex-deputado federal.

O pedido de quebra de sigilo de Loures foi determinado pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), no mês de março, dentro do inquérito que apura suposto favorecimento de empresas no porto de Santos, por meio de um decreto presidencial assinado por Temer, em maio do ano passado.

Barroso é o relator do caso no Supremo. Ele também já havia autorizado a quebra do sigilo bancário do presidente da República. Temer e Rocha Loures são investigados, além de empresários do setor portuário.

Rodrigo Rocha Loures ficou conhecido como “o homem da mala”, depois de ter sido filmado recebendo uma bolsa de dinheiro da JBS. A suspeita da Procuradoria Geral da República (PGR) é de que a propina teria como destino final Michel Temer.

Também em março, homens da PF já haviam ido ao Palácio do Planalto, para fazer uma varredura no computador usado pelo ex-assessor. De acordo com o blog da Andreia Sadi, no portal G1, à época, uma secretária do Planalto foi notificada pela PF.

Assessores de Temer confirmaram a informação. Loures despachava no terceiro andar do prédio, mesmo piso do gabinete presidencial.

As informações referentes aos sigilos foram enviadas ao delegado Cleyber Malta Lopes, responsável pelo pelo caso. No pendrive, constam arquivos com os seguintes períodos: um referente a janeiro de 2013 a fevereiro de 2014. Outros dois, de fevereiro de 2014 a abril de 2017. E, por fim, um de abril de 2017, ainda segundo o blog.

Na mídia entregue à PF, a presidência ainda passou a senha para descriptografar os e-mails de Loures, atendendo a um ofício enviado pela PF.


Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140.

NOTÍCIAS AO MINUTO
Tags

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar