MAGO FITNESS: Ricardo Coutinho compra esteira de R$ 6,5 mil com dinheiro público para a Granja Santana

Enquanto a metade da população paraibana está com o nome sujo no SPC e se vira nos 30 para sobreviver com um salário mínimo por mês

Símbolo da mordomia estatal, a Granja Santana é a maior e mais vigiada residência destinada a um governador no Brasil. Um privilégio desproporcional à realidade econômica e social da Paraíba, pois somos um dos estados mais pobres da Federação.

Achando pouco os privilégios que já tem, o governador Ricardo Coutinho comprou recentemente uma esteira ergométrica no valor de R$ 6.500, enquanto no mercado virtual é possível comprar o mesmo equipamento pagamento apenas 10% do valor:

Mas o certo seria o governador comprar a sua esteira com o seu próprio dinheiro, pois ele recebe quase R$ 30 mil reais por mês. Um salário praticamente intocável, porque até o papel higiênico que Ricardo Coutinho usa quem paga é o Estado. Ou melhor, nós quem pagamos com nossos impostos. Impostos estes que o governador não cansa de aumentar ano a ano.

Confira o detalhamento da compra no site do Tribunal de Contas do Estado:

Percebe-se que o socialismo do governador Ricardo Coutinho funciona às avessas. Ele tira dos mais pobres para bancar seu luxo e sustentar um padrão de vida que ele sempre sonhou quando era sindicalista e andava num chevette velho (emprestado) pelas ruas de Jaguaribe.

A Granja Santana já foi palco de muitos escândalos no primeiro governo de Ricardo Coutinho, mas o governador não dá a mínima para a opinião pública. Quem não lembra da compra milionária de toneladas de lagostas e outros frutos do mar? E dos sais de banho e papel higiênico de R$ 50 reais?

Enquanto a metade da população paraibana está com o nome sujo no SPC e se vira nos 30 para sobreviver com um salário mínimo por mês, o governador de um dos estados mais pobres do Brasil gasta milhões ao ano para morar numa luxuosa granja e viver uma vida de rei.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar