Preso em flagrante por corrupção há quase um ano, Berg Lima continua recebendo salário de R$ 20 mil

Enquanto a maioria do trabalhador honesto de Bayeux tem que fazer milagre pra sobreviver com um salário de R$ 954,00, um político preso em flagrante por corrupção ganha R$ 20 mil todo mês sem dar um prego numa barra de sabão. E assim deve continuar até dezembro de 2020, já que 10 vereadores da cidade votaram contra a cassação de Berg Lima e arquivaram o processo.

Diferente de gestores que são afastados por suspeitas de corrupção, Berg Lima foi afastado do cargo porque foi preso em flagrante e vários vídeos comprovam o crime cometido. Ou seja, não há dúvidas sobre a ilicitude.

O mais curioso é que a classe política de Bayeux compactua com tal imoralidade e até o presente momento ninguém provocou a Justiça para que o salário de Berg Lima seja suspenso.

Enquanto Bayeux continua um caos e falta de tudo para a população mais carente, um corrupto dará um prejuízo aos cofres da cidade de quase R$ 1 milhão até 2020. E tudo isso com a ajuda dos nobres vereadores:

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar