Alice Wegmann foi internada duas vezes durante gravações na Paraíba

“Em nenhum momento a Maria relaxa. É tudo muito o tempo todo. Pra gente gravar esses 53 capítulos foram sete meses de ‘pega pra capar'”.

Alice Wegmann não tem dúvidas que Maria, sua personagem na série da Globo “Onde Nascem os Fortes” é um divisor de águas em sua carreira. A entrega foi tão grande à personagem que a atriz foi hospitalizada duas vezes durante as gravações da série no sertão da Paraíba.

“É minha oitava novela já. Tudo foi acontecendo do jeitinho que tinha que ser, mas a Maria foi uma personagem que realmente exigiu muito de mim. Fui internada duas vezes quando estava no sertão. Peguei dengue e uma outra vez tive uma estafa e um dos meus melhores amigos quando assistiu a série falou: ‘Essas doenças foram pouco para você. Porque é tão intenso…imaginar que são 53 capítulos nesta intensidade’…”, conta a atriz ao UOL, nos bastidores de gravação da série, nesta terça-feira (15), nos Estúdios Globo.

“Em nenhum momento a Maria relaxa. É tudo muito o tempo todo. Pra gente gravar esses 53 capítulos foram sete meses de ‘pega pra capar’”.

Apesar dos sustos, Alice explica que usa a arte para canalizar suas emoções. “É justamente esse lugar da Maria que eu extravaso”.

O esforço para que tudo saísse perfeito fizeram com que ela dispensasse dublê em quase todas as cenas e, mesmo com o pé ferido, gravasse uma sequência de Maria correndo no sertão.

“A única cena que teve dublê foi a primeira que é só uma Gopro da bicicleta. O resto foi tudo eu que fiz. Teve uma cena em que eu estava correndo com o Gabriel [Leone] e entrou um espinho enorme no meu pé. Aí eu continuei meio mancando, subi na moto, aí depois fui tirar, olhei para o meu pé e vi o tamanho do espinho”, lembra.

Foram tantos perrengues nos bastidores que Alice se esforça para recordar de todos.

“Teve a cena do estupro, fiquei super marcada ali na hora e foi no dia do meu aniversário, tinha muita poeira, eu estava chorando muito e não conseguia enxergar o caminhão que estava na minha frente e quase fui atropelada. Tiveram várias coisinhas que a gente passou, mas sempre tudo valeu muito a pena”.

O trabalho em equipe de elenco e direção foram fundamentais para que a atriz construísse a personagem com vigor em cena.

“A gente tentou trazer verdade para tudo. O fato de a gente ter ficado cinco meses no sertão, tudo isso é muito importante para construir a Maria. A Maria é o que é por conta de tudo o que a Alice viveu esse tempo também. Eles têm uma coisa de criar uma atmosfera entre o elenco e a equipe que é muito fundamental. O Zé [José Luiz Villamarim, diretor] sabe como acessar as pessoas, tem um lugar ali que é inevitável falar sobre. A Maria não é só minha, é de todos. Convivendo junto e sentindo tudo isso junto não é uma pessoa só”, afirmou.

Alice admira a força de sua personagem em busca do paradeiro do irmão Nonato (Marco Pigossi) e conta que tem recebido um feedback de muitas mulheres pelas atitudes em cena.

“A Maria carrega a força feminina dentro dela, que não diz respeito só a ela mas a todas as mulheres que a gente vê aqui no Brasil. Tenho recebido muitas mensagens de mulheres dizendo: ‘obrigada por representar a gente, por trazer a nossa força dentro dessa personagem. Isso é muito importante para mim. Sei as dores e as delícias”.

A sensualidade da jovem em cena é vista por Alice com naturalidade. “Acho que todo mundo tem esse lado. É saber explorar nas horas certas”.

Apesar dos elogios por sua atuação na supersérie, a jovem atriz, de 22 anos, tem consciência que ainda tem um longo caminho a trilhar na carreira e diz admirar a dedicação de Patrícia Pillar, Debora Bloch e Alexandre Nero. “Observo o todo. Vejo o quanto ainda tenho para aprender. Não me sinto 100% pronta. Então é muito bonito ver pessoas experientes ainda estudando o texto, marcando. A Patrícia tem essa relação com o texto de iluminar, marcar. Quando você cai na ilusão de que é o melhor, você acaba perdendo esse brilho nos olhos. O brilho nos olhos é justamente o fato de você saber que ainda tem que aprender. É uma cilada acreditar”, diz.

“É uma personagem que é muito grande, em todas as camadas. A Maria está me colocando num lugar diferenciado. Mas ainda assim quero me surpreender muito no futuro”, completa.


Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140.

UOL
Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar
"Equipe de Plantão:"