Casal é preso por manter os 13 filhos em cativeiro; eles eram mantidos acorrentados e famintos

A Polícia da Califórnia encontrou 13 irmãos, com idades entre 2 e 29 anos, que eram mantidos acorrentados, famintos e imersos na sujeira na casa de seus pais. As autoridades foram alertadas por uma das vítimas, uma jovem de 17 anos, que conseguiu escapar da casa, nos arredores de Perris, sudoeste de Los Angeles.

A adolescente telefonou para o serviço de emergência de um celular que encontrou na residência. Ela estava extremamente magra e parecia ter apenas 10 anos. Segundo a polícia, “afirmou que seus 12 irmãos e irmãs eram mantidos em cativeiro na casa por seus pais, detalhando que alguns estavam acorrentados”.

Os policiais se dirigiram então para a residência de David Turpin, de 57 anos, e sua mulher, Louise, de 49 anos, onde encontraram várias pessoas acorrentadas às suas camas em meio a um cheiro terrível.

A princípio, a polícia pensou que se tratava de 12 menores, “desnutridos e muito sujos”, mas depois percebeu que havia 7 adultos, com entre 18 e 29 anos. Seis das 13 vítimas – incluindo a adolescente que fugiu – eram menores, e a mais nova tinha apenas 2 anos.

As autoridades estabeleceram uma fiança de US$ 9 milhões para os pais, denunciados por tortura, cárcere privado e por colocar os filhos em risco. Interrogados pela polícia, eles não puderam “dar qualquer explicação razoável sobre por qual motivo mantinham os filhos acorrentados”.

As vítimas foram alimentadas e estão recebendo tratamento, enquanto os serviços de defesa da infância abriram uma investigação.


Encontre as notícias que estão movimentando as redes sociais em um só lugar, de um jeito fácil e com credibilidade. Acesse: tvsertaodaparaiba.com.br

Agência Brasil
Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
"Equipe de Plantão:"