Cinco meses após assassinato de Padre Pedro suspeito continua foragido

Passados cinco meses do assassinato do Padre Pedro, um dos suspeitos do crime que chocou a cidade de Borborema, no Brejo paraibano, continua foragido. O religioso foi encontrado morto a golpes de faca e enrolado em lençóis dentro de casa, no dia 24 de agosto de 2017.

Um menor já foi detido como participante do crime, mas Lucas Sales Gerônimo, ex-coroinha da Igreja Católica, ainda está sendo procurado pela Polícia. As investigações apontam que ele teria sido o autor dos golpes que atingiram o religioso.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Diógenes Fernandes, as investigações concluíram que trata-se de um caso de latrocínio onde o ex-coroinha aproveitou a relação que tinha com o Padre para cometer o crime.


Encontre as notícias que estão movimentando as redes sociais em um só lugar, de um jeito fácil e com credibilidade. Acesse: tvsertaodaparaiba.com.br

MaisPB
Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
"Equipe de Plantão:"