‘Devia ter dado mais’, diz mulher que reagiu a assalto com ‘vassouradas’.

Um vídeo que mostra uma mulher reagindo a um assalto com ‘vassouradas’ viralizou nas redes sociais na manhã desta sexta-feira (19). O caso aconteceu no Bairro dos Estados, em João Pessoa, e a vítima disse que reagiu porque notou que o suspeito estava desarmado. Ela afirmou que faria novamente.

Ao repórter Emerson Machado, em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat, a mulher lamentou a falta de policiamento. “Eu devia ter dado mais. Eu vinha comentado que já faz mais de três dias que não vejo policial. Ele chegou pedindo o celular e eu pensei que fosse o namorado da menina, por isso demorei a reagir, quando vi que era assalto, parti pra cima”, relatou.

A vítima disse ainda que já havia reagido a outro assalto. “Eu reajo mesmo. Eu já dei uma facada em um que tentou me assaltar”, disse.

Reagir ou não?

O tenente-coronel Onivan Elias disse ao Portal que não é possível mais recomendar ‘reaja’ ou ‘não reaja’ em assaltos. Ele explicou que está desenvolvendo uma pesquisa que reúne 600 matérias publicadas na imprensa, com registros de reação a assaltos, para traçar um perfil dos casos.

Segundo ele, os casos são diversos, mas se dividem em quatro grupos: vítima desarmada exitosa (quando a vítima reage, sem arma de fogo, e não tem prejuízos), vítima armada exitosa (geralmente são policiais, que usam arma e não têm prejuízos), vítima desarmada não exitosa (latrocínio) e vítima armada não exitosa (latrocínio).

O caso da senhora que reagiu com uma vassoura se encaixa no perfil da ‘vítima desarmada exitosa’. Ele disse que ela conseguiu encontrar um momento certo que a permitiu reagir.

Para ajudar as pessoas a se protegerem em assaltos, o coronel explica que há um ‘workshop de proteção pessoal’, promovido no Centro de Educação da PM em Mangabeira VII, em João Pessoa, gratuitamente.

Segundo o tenente-coronel, não há um calendário com turmas, mas os interessados podem ligar e se cadastrar para ficar disponíveis quando as aulas forem fechadas.

Onivan Elias contou que é possível aprender técnicas de segurança no workshop, de forma que seja possível diminuir riscos em casos de assalto. Para saber mais informações sobre o workshop, basta ligar nos telefones 3213-9210/9211.


Encontre as notícias que estão movimentando as redes sociais em um só lugar, de um jeito fácil e com credibilidade. Acesse: tvsertaodaparaiba.com.br

Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar
"Equipe de Plantão:"