Home Geral Dia Internacional: Governo do Estado lança campanha estadual #EuRespeito

Dia Internacional: Governo do Estado lança campanha estadual #EuRespeito

A segunda edição da campanha Tire o Respeito do Armário será lançada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (28), no Dia Internacional do Orgulho LGBT. Assinada pela Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana e Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT e Enfrentamento à Homofobia da Paraíba (Espaço LGBT), a campanha tem como slogan a hastag #EuRespeito e estreia com peças nas redes sociais.

No próximo dia 10, a campanha terá material de ampla divulgação estadual com cartazes, outdoors, spot para rádios e publicidade em jornais. O foco desta campanha é a divulgação das legislações estaduais, a lei n° 7.309/2003, atualizada pela Lei Estadual N° 10.909/2017 e Decreto Estadual n° 27.604/2006, que coíbem toda forma de discriminação por orientação sexual e identidade de gênero em estabelecimentos públicos e privados na Paraíba.

O tratamento nominal e o uso e inclusão do nome social de travestis e transexuais no âmbito da Administração Pública é garantido pela Lei Estadual nº 10.908/2017.

Na primeira edição da campanha “Tire o Respeito do Armário – Todas e todos pelo fim da homofobia”, lançada em 2012, a mensagem transmitida para sociedade era que lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais estão em todos os lugares, de bancos, praças, ambientes de trabalho formal ou não, famílias, merecem ser respeitados.

Segundo a secretária Gilberta Soares, a campanha fez uma chamada à sociedade para que trocasse o preconceito pelo respeito, que vestisse a camiseta da campanha (mesmo de forma simbólica) e fizesse sua parte com relação ao enfrentamento à LGBTfobia. A campanha alcançou 20 países e 12 estados brasileiros e obteve mais de 400 mil visualizações.

Gilberta Soares afirma que a grande adesão à campanha foi também vinculada ao seu slogan “Tire o respeito do Armário”. “Este faz uma alusão ao armário como o “esconderijo social”, onde lésbicas, gays, bissexuais guardam a homossexualidade e a lesbianidade, mediante o medo de enfrentar preconceitos e discriminações sociais. O armário representa um tipo de segredo, com a constante possibilidade de se revelar, que dita o regime da heterossexualidade obrigatória no mundo Ocidental, com seus privilégios de visibilidade e hegemonia para heterossexuais e punição para homossexuais e transexuais”, disse.

Para segunda edição, o governo espera contribuir para a garantia do cumprimento das Leis Estaduais de defesa dos direitos de LGBT e estimular que mais pessoas opinem e exponham atitudes positivas em defesa do respeito à diversidade sexual. Para a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, espera-se a garantia de que possam frequentar espaços públicos e privados, sendo respeitados, podendo frequentá-los e neles manifestar expressões de carinho e afeto da mesma forma que pessoas heterossexuais e cisgêneros têm direito.

“Nessa segunda edição, o Governo do Estado dá continuidade às políticas públicas implantadas em prol dos direitos de LGBTs, nas suas diferentes ações, desde a oferta de serviços como a realização de atividades educativas e campanhas, contribuindo para a mudança cultural. Mais uma vez, a Paraíba sai na frente, garantindo o amparo legal, através das legislações aprovadas, para ampliação dos direitos”, disse Gilberta.

A Lei 10.909/2017 incluiu a identidade de gênero (relativo a pessoas transexuais), visto que a 7.309 só legislou sobre a orientação sexual (lésbicas, gays, transexuais e travestis). Dessa forma, ela proíbe a discriminação ou preconceito em virtude de orientação sexual e da identidade de gênero na Paraíba em estabelecimentos privados, como bares, restaurantes, boates, lojas, shopping centers etc, e públicos, como serviços de saúde, delegacias, Detran, postos da Cagepa, etc).

A Lei nº 10.908/2017 legislou o que já estava previsto no Decreto nº 32.159/2011, do governador Ricardo Coutinho, sobre o direito de travestis, mulheres transexuais e homens transexuais serem tratados pelo seu Nome Social (definição na própria Lei). Essa medida garante o importante direito de qualquer pessoa ser tratada pelo nome que reflita o gênero vivenciado.

Espaço LGBT– Desde que foi criado em 2011, o serviço gratuito do Governo do Estado já prestou mais de 10 mil atendimentos. As pessoas recorrem ao serviço em busca de assistência jurídica, social, psicológica e garantia de seus direitos humanos. Dentre os atendimentos, foram ajuizadas 112 ações para mudança de prenome, algumas já deferidas e outras em processo. Segundo o coordenador Victor Pilato, as ações asseguram o direito de pessoas trans de serem reconhecidas pelo nome social que já adotaram. “Muitas têm nome no registro, mas são reconhecidas por outro”, disse. Para mais informações: 83 3214 7188 ou na Avenida Princesa Isabel, 164, Centro (em frente ao TRE).

Orgulho LGBT– Nesta quarta-feira (28), é comemorado o Dia do Orgulho LGBT, criado em 1969, quando o Movimento de Stonewall (EUA) marcou a luta pelos direitos de pessoas LGBTs no Ocidente. Inicialmente conhecido como Orgulho Gay (termo utilizado para homens homossexuais), ganhou uma nomenclatura que inclui toda a diversidade. Desde o último mês de maio, a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana realiza uma série de atividades relacionadas ao enfrentamento à homofobia, além de capacitações nas áreas de segurança pública, saúde e educação para o atendimento humanizado à comunidade LGBT. Ações estão sendo realizadas em parceria com alguns municípios paraibanos que buscam executar políticas públicas para LGBTs.

 

Blog do Gordinho

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Raquel Vianna
Carregar mais em Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Além disso, verifique

Em Cajazeiras, New Ótica anuncia novidades e se destaca em promoção para o mês de julho -Confira!

A loja New Ótica lança uma super promoção para o mês de julho, na sua unidade em Cajazeira…