Home Geral Em conversa ao ‘pé do ouvido’, Ricardo Coutinho pede desculpas a Maranhão e insiste em aliança

Em conversa ao ‘pé do ouvido’, Ricardo Coutinho pede desculpas a Maranhão e insiste em aliança

Nesta segunda-feira, dia 18 de setembro, uma fonte revelou detalhes da conversa que teria acontecido entre Ricardo Coutinho e Zé Maranhão, que poderia selar o futuro do Palácio da Redenção. Segundo a fonte, num tom ameno e amigável, o governador Ricardo Coutinho teria revelado que lamentava todo e qualquer evento desgastante que tenha acontecido entre os dois e explicado que a união das forças políticas, Maranhão e Coutinho, seria o melhor para a Paraíba para os próximos anos.

O governador teria reconhecido a importância do senador Maranhão em sua ascensão política, desde a vitória de Ricardo a prefeitura de João Pessoa, e que seria mais do que justo que Zé o sucedesse no Governo da Paraíba.

Ricardo teria considerado que Maranhão tem um grande serviço prestado ao estado e que o grupo Cunha Lima, liderado por Cássio e acompanhado por Cartaxo, seria o atraso que o povo paraibano não merece ter de volta.

Segundo a fonte, o desejo do governador seria Maranhão na cabeça de chapa, com Ricardo e Luís Couto para o senado.

Alguns nomes dos Girassóis, por méritos, deveriam ser contemplados: Como os secretários João Azevedo, Livânia Farias, Gilberto Carneiro e Nonato Bandeira. Além da família Feliciano que deveria receber uma atenção especial.

Ainda segundo a fonte o nome do deputado federal Veneziano foi lembrado como um dos maiores beneficiados, pois diante de uma possível vitória de Maranhão, a ex-deputada, dona Nilda Gondim, mãe de Veneziano, seria alçada automaticamente ao senado federal pelo período de 04 anos.

O xadrez da política da Paraíba não para e Ricardo não está para brincadeira!

 

ResumoPB