Home Esportes Flamengo goleia Chapecoense e vai às quartas da Sul-Americana

Flamengo goleia Chapecoense e vai às quartas da Sul-Americana

Com boa atuação, principalmente no primeiro tempo, o Flamengo venceu por 4 a 0 a Chapecoense, nesta quarta-feira, e se classificou para as quartas de final da Copa Sul-Americana. Os rubro-negros esperam seu adversário que sai do confronto entre Fluminense e LDU, do Equador, que jogam nesta quinta, em Quito. Os tricolores venceram o duelo de ida pelo placar mínimo.

O Flamengo dominou a partida desde o início e abriu o placar com Cuéllar, em lance polêmico, mas que a arbitragem acertou ao validar o gol. Ainda na etapa inicial, os rubro-negros ampliaram com William Arão. No segundo tempo, os cariocas fizeram o terceiro com Juan e o quarto com Lucas Paquetá, para sacramentarem a classificação.

O jogo – O Flamengo começou a partida tendo mais posse de bola, mas com dificuldade em passar pela marcação da Chapecoense. No entanto, aos seis minutos, os rubro-negros abriram o placar na primeira chance criada. Guerrero foi lançado na área e dividiu com Jandrei. A bola sobrou para Cuéllar, que só teve o trabalho de tocar para a rede.

Os jogadores da Chapecoense reclamaram que o atacante rubro-negro estaria em impedimento no momento do lançamento. Só que, no meio do caminho, o replay mostrou um desvio de Douglas Grolli. Com isso, Guerrero passou a ter condição de jogo. Quem bancou a marcação e validou o gol carioca foi o árbitro Michael Espinoza.

O revés foi sentido pela Chapecoense, que viu o Flamengo crescer na partida. Tanto que, aos 14 minutos, Berrío foi lançado na entrada da área. O goleiro Jandrei saiu do gol e, mesmo fora da área, deu um tapa na bola para impedir o drible. A arbitragem não viu o toque e mandou o jogo seguir, para desespero do atacante colombiano.

A Chapecoense só conseguiu chegar pela primeira vez aos 18 minutos. Penilla recebeu passe na área, passou por Pará e chutou para boa defesa de Diego Alves. A resposta do Flamengo veio em grande estilo, aos 21. Guerrero driblou Douglas Grolli e cruzou para William Arão na pequena área. O volante tocou sem dificuldade para a rede.

Com a vantagem no placar, os rubro-negros começaram a administrar o resultado. A Chapecoense tentava avançar, sem qualquer sucesso, e via os flamenguistas dominarem a posse de bola. Os donos da casa quase chegaram ao terceiro aos 35 minutos. Após falta cobrada na área, Guerrero matou a bola no peito, mas chutou por cima do travessão.

Nos minutos finais, o panorama da partida seguiu o mesmo, mas a Chapecoense conseguiu criar mais uma boa chance, aos 43 minutos. Penilla recebeu passe na área e chutou para grande defesa de Diego Alves, que manteve a boa vantagem rubro-negra no intervalo.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou melhor e quase marcou logo com um minuto. Penilla novamente recebeu passe na área e chutou para boa defesa de Diego Alves. O susto fez o Flamengo melhorar a marcação. Com isso, os donos da casa passaram a controlar a partida novamente.

Com o jogo dominado, os cariocas voltaram a ser dominantes em campo e chegaram ao terceiro gol aos 17 minutos. Após falta cobrada na área, Guerrero cabeceou e Jandrei deu rebote no pé de Juan. O zagueiro chutou, a bola bateu no goleiro e na trave antes de ir para a rede.

O gol deu tranquilidade de vez para os rubro-negros, que diminuíram o ritmo. A Chapecoense se abateu com o revés e passou a esperar o fim da partida. O Flamengo ainda criou algumas chances e chegou ao quatro com gol, com Lucas Paquetá, aos 43 minutos, para dar números finais na Ilha do Urubu.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 4 X 0 CHAPECOENSE

Local: Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 20 de setembro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Michael Espinoza (Peru)
Assistentes: Stephen Atoche (Peru) e Michael Orue (Peru)
Público: 10.600 pagantes
Renda: R$ 460.758,00
Cartões amarelos: Éverton Ribeiro e Diego (Flamengo); Apodi e Wellington Paulista (Chapecoense)
GOLS
FLAMENGO: Cuéllar, aos 6min do primeiro tempo; William Arão, aos 21min do primeiro tempo; Juan, aos 17min do segundo tempo; Lucas Paquetá, aos 43min do segundo tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Miguel Trauco; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Diego (Vinícius Júnior) e Éverton Ribeiro; Orlando Berrío (Gabriel) e Paolo Guerrero (Lucas Paquetá)
Técnico: Reinaldo Rueda

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Diego Renan; Moisés Ribeiro (Luiz Antônio), Lucas Mineiro e Lucas Marques; Arthur Caíque (Alan Ruschel), Wellington Paulista e Cristian Penilla (Julio Cesar)
Técnico: Emerson Cris

Fonte: Gazeta Esportiva
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Emily
Carregar mais por Esportes

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Garotinho faz ‘jejum’ para fazer as pessoas refletirem, diz filha

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio informou em nota que o…