Home Geral Homem é preso ao tentar fazer empréstimo usando documento falso

Homem é preso ao tentar fazer empréstimo usando documento falso

O investigado estava tentando fazer empréstimos consignados usando um RG falso do estado do Rio Grande do Norte com o nome de José Roberto Nunes do Nascimento

Policiais civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa prenderam em flagrante delito, na tarde desta sexta-feira (7), Mário Roberto Bezerra Leite, 44 anos. Ele é suspeito de praticar o crime de estelionato. O investigado estava tentando fazer empréstimos consignados usando um RG falso do estado do Rio Grande do Norte com o nome de José Roberto Nunes do Nascimento.

A polícia foi informada da prática criminosa por um funcionário de uma agência bancária que desconfiou do documento e decidiu entrar em contato com a Delegacia de Defraudações e Falsificações. Para evitar que o suspeito fugisse, o atendente pediu para Mário Roberto esperar um pouco enquanto solicitava autorização para a abertura da conta corrente e contratação dos diversos empréstimos consignados no valor superior a R$ 100 mil.

Enquanto o suspeito aguardava para concluir o processo, os agentes de investigação da DDF chegaram ao local e abordaram Mário Roberto. Dentro do carro dele os policiais encontraram vários cartões de visitas com o nome de Roberto, que ofereciam serviços de contratação de empréstimos bancários, maquinetas de cartões de crédito, um cartão de conta corrente da Caixa Econômica em nome de José Roberto Nunes do Nascimento, um RG e uma Carteira Nacional de Habilitação.

O suspeito foi autuado pelos crimes de estelionato e uso de documento falso e pode ser condenado a mais de 10 anos de reclusão. Mário Roberto vai permanecer na carceragem da Central de Polícia, no Geisel, aguardando a realização da audiência de custódia, que deve acontecer na segunda-feira (10).

ClickPB

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Emily Pereira Sinézio
Carregar mais em Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Além disso, verifique

Após veto de Trump, Canadá convida trans a se alistarem no exército

Pouco depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar a proibição de pesso…