Hospital Regional de Cajazeiras emite nota e rebate denúncia de padre sobre “balcão de votos”

De acordo com o padre, os candidatos a deputado estadual aliados do Governo Estadual estão disputando quem encaminha mais pessoas para cirurgias eletivas no HRC.

O Hospital Regional da cidade de Cajazeiras emitiu nesta sexta-feira (13), uma nota sobre as denúncias feitas nessa quinta-feira (12) pelo Padre Francivaldo de Albuquerque e ex-vice prefeito de Cajazeiras e colunista de um portal de notícias.

De acordo com o padre, os candidatos a deputado estadual aliados do Governo Estadual estão disputando quem encaminha mais pessoas para cirurgias eletivas no HRC e deixando muita gente esperando na fila.

Veja a nota
Na noite dessa quinta feira (12), uma notícia/opinião de forma equivocada, foi veiculada na imprensa local, dando conta de que supostamente o Hospital Regional de Cajazeiras, estaria “servindo de balcão de votos” para pré-candidatos ao legislativo estadual, no que diz respeito à realização de procedimentos cirúrgicos eletivos. Dessa forma, se faz necessário alguns esclarecimentos:

O Hospital Regional de Cajazeiras consiste em uma instituição de saúde pública pertencente à rede de Urgência e Emergência do Estado da Paraíba, onde atende os quinze (15) municípios do Sertão Paraibano, e não existe bandeira, nem cor partidária. O HRC trata-se de um serviço onde a única e exclusiva prioridade, é a vida;

As cirurgias eletivas, não são marcadas/reguladas pela Unidade Hospitalar, todos os procedimentos eletivos, são devidamente regulados por cada Município, e em seguida, validados pelo Ministério da Saúde. O Hospital Regional de Cajazeiras, apenas executa os procedimentos pré-agendados, sem qualquer interferência política.

A direção do HRC se coloca a disposição para quaisquer esclarecimentos que considerem necessários.

Sexta feira, 13 de Julho 2018.


Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140

Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar
"Equipe de Plantão:"