Home Geral Hospital Universitário em Cajazeiras implanta aplicativo de gestão

Hospital Universitário em Cajazeiras implanta aplicativo de gestão

O Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU) já está em funcionamento no Hospital Universitário Júlio Bandeira da Universidade Federal de Campina Grande (HUJB-UFCG), filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Desde o último dia 12, os atendimentos já estão sendo digitalizados, assegurando mais eficiência e segurança aos pacientes.

Na primeira etapa de implantação do AGHU, o HUJB foi contemplado com cinco módulos: Pacientes, Ambulatório Administrativo e Assistencial, Prescrição Médica e Internação. Uma equipe de tecnologia da informação da sede da Ebserh esteve presente acompanhando todas as fases até a implantação do aplicativo.

Para a superintendente do HUJB, Mônica Paulino, os processos de melhorias e mudanças que o hospital tem apresentado estão ligados à informatização. “A implantação dos primeiros módulos do AGHU é mais um avanço para o HUJB. Com o prontuário eletrônico, o hospital passa a adotar práticas assistenciais e administrativas mais seguras e eficientes, com grande impacto na qualidade da assistência, do ensino e da gestão”, pontuou.

No período de adequação, o atendimento deve demandar um pouco mais de tempo. No entanto, o objetivo é levar mais agilidade aos procedimentos, a exemplo da dispensação de medicamentos, já que as prescrições dos médicos serão acessadas diretamente no sistema pelos profissionais da farmácia do hospital.

O analista de informática da sede da Ebserh, Manoel Walacy, explicou que a etapa de pré-implantação teve início em julho deste ano. “Todos os colaboradores que estão utilizando o aplicativo receberam treinamento e apoio. Entre julho e setembro, a equipe do hospital foi realizando os ajustes necessários para que o software estivesse em pleno funcionamento”, afirmou Walacy.

O AGHU possibilita o aprimoramento dos processos de atendimento, proporcionando várias facilidades, como o prontuário eletrônico e todos os benefícios a ele relacionados. O software é um projeto do Ministério da Educação que visa padronizar práticas em hospitais universitários federais. “Trata-se de um instrumento para potencializar a assistência, já que agora todos os procedimentos serão digitalizados”, avaliou a gerente de Atenção à Saúde do hospital, Edineide Nunes.

AGHU na Ebserh
O Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários é um sistema de gestão hospitalar, com foco no paciente, adotado como padrão para todos os hospitais universitários federais da rede Ebserh.

O desenvolvimento do AGHU iniciou em 2009, como parte integrante do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), do Ministério da Educação.

Os primeiros módulos foram implantados em agosto de 2010, na Maternidade Vitor Ferreira do Amaral, de Curitiba, Paraná. Aos poucos, novos módulos estão sendo implantados e mais instituições ingressam no grupo de hospitais que dispõem do sistema.

Assessoria
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Emily
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Garotinho faz ‘jejum’ para fazer as pessoas refletirem, diz filha

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio informou em nota que o…