Home Geral Jovem denuncia assédio em postagem que gera centenas de comentários de solidariedade

Jovem denuncia assédio em postagem que gera centenas de comentários de solidariedade

Uma postagem que até a manhã de hoje estava com 1,9 mil curtidas, 333 comentários e 564 compartilhamentos publicado no perfil de Yasmin Formiga em sua página no Facebook tem gerado repercussão nas redes sociais. Nascida em Santa Luzia em 1997, mas radicada em João Pessoa (conforme dados do seu perfil), Yasmin denunciou assédio que teria sido praticado por um homem que ela identifica como Dedé (André Vieira de Sá, o nome completo, segundo postagens dela e de amigas), recebendo solidariedade de amigos, amigas, seguidores e seguidoras.

Na postagem, Yasmin exibe fotos de queixa prestada na Delegacia da Mulher e faz o seguinte depoimento: “Hoje fui na delegacia da mulher denunciar Dedé, e com os relatos obtidos por causa da postagem, Amália Rebeca H. Lira se encorajou para também denunciar ele. Está bem mais pesado do que imaginei, foram encontrados 3 crimes apenas no meu B.O., sem falar no de Amália que foi bem mais pesado (vocês não tem noção). A delegada vai levar isso mais a fundo e fazer um dossiê de André Vieira de Sá, mas para isso, preciso levar outras mulheres na delegacia para fazer os seguintes relatos contra Dedé. Eu estava na delegacia das 15:00 da tarde até as 19:00 da noite. Estou muito cansada e abalada, realmente tá tudo muito pesado. No caminho da delegacia recebi um telefonema da mãe dele, talvez não seja o último e pediram para que eu não atendesse mais. Amanhã começarei um acompanhamento psicológico e judicial, então me desculpa se não estou respondendo a todos, isso tudo tá sendo exaustivo pra minha mente, não consigo mais pensar em outra coisa que não seja nesse procedimento. Agora preciso pedir um apelo! Preciso da coragem de todas aquelas mulheres que comentaram relatos sobre Dedé. Preciso da denúncia de vocês na delegacia da mulher, com a mesma delegada. EU ME RESPONSABILIZO DE IR COM CADA UMA. Por favor, preciso muito da união de cada uma. Como eu falei, tá sério! Repassem para outras mulheres, preciso de um número grande de denúncias, quanto mais provas nesse caso, mais chances eu tenho. Por favor, eu peço mais uma vez que se encorajem para denunciar, eu prometo ir com vocês na delegacia. Se você sabe de alguma mulher que foi assediada, abusada, perturbada por Dedé, falem comigo imediatamente. Para as mulheres que queiram denunciar, falem comigo no privado! Eu preciso da força de vocês mais do que nunca nessa luta. Eu consegui, Amália conseguiu e sei que você também consegue. WE GOT THE POWER GIRL!”

Em outro post, Yasmin conta que foi desrespeitada em público por “Dedé” porque se negou em ficar ao lado dele, enquanto o mesmo pedia com insistência. “Começou a falar do meu cabelo de forma pejorativa, me chamando de rapariga e outras coisas constrangedoras em voz alta. Chamava quem passava na rua pra dizer ‘essa mulher aqui pensa que é muita coisa com esse corpo, mas não é nada’. Foi horrível, nunca fui desrespeitada em público só por dizer um não. Fiquei impotente, sem fala, desejando uma força até que eu desabei, chorei em público por causa de uma situação nojenta. Sabe oq eu me senti? Um lixo. Um nada, pqp que sentimento horrível. Acreditem, nós mulheres passamos a ser um nada, meros objetos. Eu não aguento mais isso, é cansativo. Dói. Por favor, parem. Eu sou gente também. Entenda que NÃO É NÃO. Parem de passar a mão na cabeça desse menino falando que ele tem problema, isso não é desculpa! Ele pode ter o que for, mas não tem o direito de me desrespeitar (não só a mim) dessa maneira. Eu tô me sentindo suja, incapaz e fraca. Cuidado com ele, por favor”, relatou.

O desabafo de Yasmin recebeu apoio de outras jovens, que também teriam sido alvos do denunciado. Amália Rebeca H. Lira escreveu: “Eu estou nervosa e talvez não saiba me expressar bem. Mas queria que soubessem que junto de Yasmin Formiga, consegui denunciar a pessoa que tanto já me assediou. Tudo tá sendo muito doloroso pra mim, mas eu sei que fiz a coisa certa pra mim e por quem também já sofreu absurdos vindo dele”.

Os Guedes

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Emily
Carregar mais por Geral

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Fani mantém cachê e avisa: ‘Não vou cobrar barato só porque engordei’

Agora pesando 83 kg e exibindo um corpo naturalmente diferente do que o Brasil viu no R…