Home Destaque Justiça determina transferência de mais de 200 condenados do Presídio do Róger

Justiça determina transferência de mais de 200 condenados do Presídio do Róger

Os condenados foram transferidos para cumprimento de suas penas nas Penitenciárias Sílvio Porto, Geraldo Beltrão e de Segurança Média da Capital paraibana

Três presídios paraibanos receberão mais de 200 presos já condenados que ainda estava recolhidos na Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Róger, em João Pessoa. Os condenados foram transferidos para cumprimento de suas penas nas Penitenciárias Sílvio Porto, Geraldo Beltrão e de Segurança Média da Capital paraibana.

A medida foi tomada em dois mutirões realizados em João Pessoa pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, sendo os mutirões das Guias de Recolhimento das Varas Criminais e o da Execução Penal, ambos coordenados pela juíza auxiliar Andréa Arcoverde. Nesta sexta-feira (1º), a juíza entregou relatório dos esforços concentrados ao TJPB.

Segundo a juíza Andréa Arcoverde, o cumprimento da determinação está sendo feito de forma parcelada, sendo executadas a transferência de 20 apenados por semana, devido à necessidade de organizar a estrutura do sistema carcerário que irá recebê-los, a fim de melhor acomodar os presos que vão chegando.

“Esta medida, sem dúvida, vai ocasionar a redução da população carcerária do Presídio do Róger, que já é elevada. Além disso, esta unidade prisional é voltada para presos provisórios”, explicou a juíza. Para a magistrada, o resultado dos Mutirões foi positivo, sobretudo porque eles funcionaram de forma integrada. “Solicitamos à Presidência a prorrogação dos regimes, com o objetivo de, numa segunda etapa, analisarmos os processos dos presos já condenados, para a concessão dos benefícios, como progressão de regime, entre outros. Estamos aguardando”, pontuou a juíza.