MBL pede ao TSE que Lula seja considerado inelegível

Rubens Gatti Nunes e Kim Kataguiri querem também que o tribunal proíba institutos de pesquisa de incluírem Lula nos questionários de sondagens eleitorais

MÔNICA BERGAMO – O MBL (Movimento Brasil Livre) apresentou na quinta (12) ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) uma arguição pedindo que a corte desde já considere o ex- presidente Luiz Inácio Lula da Silva inelegível.

Na peça, Rubens Gatti Nunes e Kim Kataguiri, coordenadores do movimento, defendem que o TSE proíba o petista de participar de qualquer ato de campanha, bem como de arrecadar recursos e aparecer em programas eleitorais de TV.

Os dois querem também que o tribunal proíba institutos de pesquisa de incluírem Lula nos questionários de sondagens eleitorais.

“É certo que a eventual possibilidade de candidatura do requerido (Lula) gera severa insegurança jurídica à sociedade brasileira”, afirmam.

O caso pode ser julgado pela ministra Rosa Weber, que está de plantão no recesso judicial.

Em sua defesa, os advogados de Lula afirmam que os integrantes não têm “legitimidade ativa” para entrar com a arguição.

E dizem que não pode haver possibilidade de impugnação de registro de candidatura “sem que haja formalização de pedido de registro”.

“Antes de tudo é preciso dizer que o ex-presidente Lula está no pleno gozo dos direitos políticos”, sustentam. “O reconhecimento de eventual inelegibilidade só pode ser realizado pelo TSE depois que o ex-presidente formalizar o pedido de registro”, completam.


Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140.

Com informações da Folhapress.
Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar
"Equipe de Plantão:"