Patos terá pontos de energias renováveis para iluminação e geração

A cidade de Patos, no Sertão da Paraíba, contará com pontos de energia renovável que serão utilizados tanto para iluminação pública, quanto para geração de energia elétrica. A aquisição foi realizada através de parcerias realizadas pela Secretaria de Agricultura do município, com órgãos ligados às causas ambientais voltadas ao semiárido. Comente no fim da matéria.

Comente no fim da matéria

Serão disponibilizados dois pontos para instalação de sistemas de iluminação pública, e de um sistema com energia solar fotovoltaica que será conectado a rede elétrica que suprirá o sistema na falta da energia solar.

Os pontos de iluminação serão implantados no Distrito de Santa Gertrudes. Após visita do secretário de Agricultura, João Paulo de Lacerda, e do secretário de Infraestrutura, Antônio Carlos (Lito), acompanhados do coordenador do projeto Semiárido Solar, Heitor Scalambrini, ficou definido que o sistema solar conectado na rede elétrica será montado no Telecentro, e os postes de iluminação, na Feira da Agricultura Familiar.

“Visitamos o Distrito de Santa Gertrudes porque é uma determinação do prefeito Dinaldinho que nós levemos o desenvolvimento para aquela região com a implantação da Feira de Agricultura Familiar e essa feira será iluminada com os postes de energia solar que foram doados pela Cáritas, além da rede que será montada no Telecentro que disponibilizará de energia solar”, disse o secretário de Agricultura, João Paulo de Lacerda.

De acordo com o prefeito Dinaldinho Wanderley, essa parceria é um avanço para Patos. “Considero um avanço para o nosso município, uma vez que não existem precedentes com relação a isso em Patos e nós trabalhamos com energias alternativas implantando a Sustentabilidade no nosso município”, finalizou o prefeito.

Portal Correio

Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar