Pesquisa: sem Lula, Bolsonaro lidera, seguido por Marina e Ciro

Levantamento da CNT/MDA, divulgado nesta segunda-feira (14), ouviu 2.002 pessoas, entre os dias 9 e 12 de maio

Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e realizada pela MDA mostra que Lula, mesmo preso, ainda lidera a corrida presidencial.

O petista aparece com 32,4% da preferência do eleitorado, seguido por Jair Bolsonaro (16,7%) e Marina Silva (7,6%).

O levantamento, divulgado nesta segunda-feira (14), ouviu 2.002 pessoas, entre os dias 9 e 12 de maio, em 137 cidades de 25 estados, nas cinco regiões do país. O nível de confiança do levantamento é de 95%.

Nos cenários sem o ex-presidente, Bolsonaro (PSL) assume o primeiro lugar, com 18,3%. Logo atrás vêm, tecnicamente empatados, Marina Silva (Rede), com 11,2%, e Ciro Gomes (PDT), com 9,0%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa – registrada no último dia 8, com o número BR-09430/2018, segundo os dados disponibilizados no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) -, também testou o nome de Fernando Haddad (PT), ex-prefeito de São Paulo.

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa foi excluído, já que anunciou oficialmente que não concorrerá ao Planalto.

Confira os cenários:

Sem Lula, Barbosa e Temer

Jair Bolsonaro (PSL) – 18,3%

Marina Silva (Rede) – 11,2%

Ciro Gomes (PDT) – 9,0%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 5,3%

Alvaro Dias (Podemos) – 3,0%

Fernando Haddad (PT) – 2,3%

Fernando Collor (PTC) – 1,4%

Manuela D´Ávila (PCdoB) – 0,9%

Guilherme Boulos (Psol) – 0,6%

João Amoêdo (Novo) – 0,6%

Henrique Meirelles (MDB) – 0,5%

Flávio Rocha (PRB) – 0,4%

Rodrigo Maia (DEM) – 0,4%

Paulo Rabello de Castro (PSC) – 0,1%

Branco/Nulo – 29,6%

Indecisos – 16,1%

No cenário de primeiro turno com Lula, o instituto colocou dois candidatos do mesmo partido, no caso o presidente Michel Temer (MDB) e o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), embora a lei eleitoral não permita que uma legenda lance dois nomes diferentes para disputar cargos no Executivo.

Cenário com Lula, Temer e Meirelles

Lula (PT) –32,4%

Jair Bolsonaro (PSL) – 16,7%

Marina Silva (Rede) – 7,6%

Ciro Gomes (PDT) – 5,4%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 4,0%

Alvaro Dias (Podemos) – 2,5%

Fernando Collor (PTC) – 0,9%

Michel Temer (MDB) – 0,9%

Guilherme Boulos (Psol) – 0,5%

Manuela D´Ávila (PCdoB) – 0,5%

João Amoedo (Novo) – 0,4%

Flávio Rocha (PRB) – 0,4%

Henrique Meirelles (MDB) – 0,3%

Rodrigo Maia (DEM) – 0,2%

Paulo Rabello de Castro (PSC) – 0,1%

Branco/Nulo – 18,0%

Indeciso – 8,7%

Cenário reduzido com Alckmin

Jair Bolsonaro (PSL) – 19,7%

Marina Silva (Rede) – 15,1%

Ciro Gomes (PDT) – 11,1%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 8,1%

Fernando Haddad (PT) – 3,8%

Branco/Nulo – 30,1%

Indeciso – 12,1%

Cenário reduzido com Meirelles

Jair Bolsonaro (PSL) – 20,7%

Marina Silva (Rede) – 16,4%

Ciro Gomes (PDT) – 12,0%

Fernando Haddad (PT) – 4,4%

Henrique Meirelles (MDB) – 1,4%

Branco/Nulo – 31,7%

Indeciso – 13,4%


Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140.

NOTÍCIAS AO MINUTO
Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar
"Equipe de Plantão:"