Home Destaque Polícia investiga vídeo onde mãe agride bebê na Paraíba

Polícia investiga vídeo onde mãe agride bebê na Paraíba

Um vídeo divulgado no aplicativo de mensagem Whatsapp esta semana chocou a população do Sertão da Paraíba. Uma menor, que não teve a idade revelada, mãe de um bebê, com menos de um ano de vida praticando maus tratos a filha revoltou a quem teve acesso as imagens.

O vídeo tem cenas fortes por se tratar de uma criança. A mãe joga a menina em cima da cama e repete a ação várias vezes sem se importar com choro da pequena.

Não satisfeita, a mulher ainda balança várias a criança na cama de forma agressiva. A mãe que aparece no vídeo é supostamente da cidade de Uiraúna, no Sertão do estado.

Em contato com a Polícia Civil nesse sábado (8), a reportagem do Diário do Sertão foi informada que chegou a delegacia de Uiraúna uma denúncia sobre este caso, partindo de familiares da mulher.

Segundo a polícia, várias pessoas já foram ouvidas, a criança já passou por exame de corpo de delito, mas as investigações continuam, pois não se sabe ainda, se o vídeo corresponde realmente a denúncia que está sendo apurada.

A polícia civil, através de um dos seus investigadores explicou que é um caso difícil de se confirmar, pois não se sabe ao certo quando o vídeo foi gravado, e isso não ter sido determinante para não ser constatadas marcas no corpo do bebê.

A mãe já foi ouvida e negou as acusações. O Ministério Público solicitou investigação do caso e o Conselho Tutelar também está acompanhado.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Emily Pereira Sinézio
Carregar mais em Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Além disso, verifique

Polícia prende suspeito, recupera veículo e apreende arma

Policiais militares da Força Tática e Radiopatrulha do 1º Batalhão prenderam em flagrante …