Policial acusado de estuprar enteada de 12 anos é exonerado da corporação, na PB

Foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11) a decisão que exonera um Cabo da Polícia Militar (PM). Assinada pelo comandante-geral da PMPB, coronel Euller Chaves, a portaria aponta que o cabo é suspeito de estuprar a enteada e crime foi descoberto em junho de 2016, depois que a vítima, à época com 12 anos, foi achada em uma casa abandonada próximo a residência da mãe do acusado.

Segundo o texto, a conduta do cabo afronta a honra pessoal, o pundonor, a ética e o decoro da classe dos policiais militares. A publicação diz que o policial “agiu em desacordo com os preceitos disciplinares, morais e éticos da Corporação, tornando-se, assim, um mau exemplo perante o dignos homens e mulheres”.

De acordo com as investigações, a adolescente fugiu por não aguentar os abusos sexuais praticados pelo companheiro da sua mãe. A jovem de idade não informada ficou desaparecida por cerca de 24 horas, até que a mãe acionasse a polícia, através da delegacia, para comunicar o desaparecimento. A denúncia desencadeada pelo Ministério Público foi datada no dia 18 de junho de 2016.

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal tvsertaodaparaiba não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo após o encerramento das eleições de 2018.

Você também pode enviar informações à redação do portal tvsertaodaparaiba.com.br pelo Whatsapp 83 98886 4599 ou 99166-4140.

Portal T5

Planos oferecidos em Cajazeiras-PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar
"Equipe de Plantão:"