Home Destaque Vereador é preso suspeito de vender equipamentos do Estado

Vereador é preso suspeito de vender equipamentos do Estado

O vereador de São Mamede Chaguinha Medeiros (PSB), eleito com 347 votos em 2016, foi preso em flagrante sob a suspeita de vender na internet de bens da Secretaria de Educação do Estado por um preço até quatro vezes menor. A prisão aconteceu nessa segunda-feira (10) em Patos, no Sertão paraibano.

Além do vereador, um possível comparsa foi preso, mas conseguiu liberdade após pagar fiança. Chaguinha foi levado para o presídio Romero Nóbrega.

De acordo com o delegado Demetrius Patrícios, titular da Roubos e Furtos, uma denúncia levou a polícia a investigar o caso, que inicialmente resultou na prisão de um técnico em informática.

“Na quinta-feira passada, o gerente da 6ª Regional de Ensino veio até a delegacia fazer uma denúncia, de que uma pessoa, que se passava por Luiz, estaria vendendo equipamentos da Secretaria na internet. Recolhemos depoimentos e conseguimos entrar em contato com a pessoa. Marcamos o encontro e chegando lá, demos voz de prisão a Arlan Ravelle de Araújo Guerra, que estava com o equipamento em mãos. Depois, obtivemos informação de que o fornecedor era um vereador de São Mamede. Entramos em contato com ele e marcamos um encontro. Ficou comprovado que ele estava de posse de outros equipamentos”, afirmou.

Ainda segundo o delegado, um dos equipamentos chegou a ser vendido por quatro vezes menor do que o preço original.

“Na nota fiscal, o equipamento Acess Point, que funciona como espécie de repetidor de sinal de internet, correspondia a R$ 2.800,00 e na internet estava sendo vendido por R$ 500,00. Esses equipamentos foram distribuídos para as escolas de São Mamede e desde janeiro estavam sendo vendidos em sites de classificados”, frisou.

O vereador foi autuado pelo crime de peculato e crime contra a administração pública, que não cabe fiança. Ele está detido no Presídio Romero Nóbrega em Patos, onde ficará à disposição da Justiça.

MaisPB

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por WEGLEYSON
Carregar mais em Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Além disso, verifique

Mulheres são flagradas com droga no Distrito de São Gonçalo em Sousa

Ao revistar as Mulheres foi encontrada uma porção semelhante a maconha enrolada em plástic…